Diferencial da pedagogia Waldorf Diferencial da pedagogia Waldorf

Quais são os diferenciais da pedagogia Waldorf na formação do professor?

6 minutos para ler

Um pedagogo é um especialista em educação. A partir de seus conhecimentos, ele contribui para o aprendizado de crianças e adolescentes, enquanto transforma suas vidas. Ele é, nesse sentido, um dos profissionais mais importantes para a sociedade, visto que é responsável pelo desenvolvimento e formação de muitos outros profissionais.

Muitas pessoas, sem dúvida, concordam com essa percepção. No entanto, o que nem todo mundo conhece é o diferencial da Pedagogia Waldorf. Você saberia dizer, por exemplo, como os conhecimentos advindos dela ajudam em um preparo de qualidade para o professor?

Conversamos com Marcelo Rito, Coordenador de Graduação, na Faculdade Rudolf Steiner, que nos explicou um pouco sobre a formação de professor Waldorf e alguns de seus diferenciais. Confira! 

Qual é a proposta de um curso de Pedagogia com um currículo ampliado pela Antroposofia?

A graduação de Pedagogia da Faculdade Rudolf Steiner alinha o futuro professor para que ele seja capaz de enfrentar os desafios educacionais do dia a dia. A ideia é instrumentalizar profissionais com ampla consciência do seu papel, na promoção da equidade humana e social, tornando-os capazes de exercer a docência nos vários segmentos educacionais.

A grade curricular é planejada de acordo com a proposta do MEC (Ministério da Educação), em que o aluno obtém conhecimentos tradicionais da Pedagogia e, também, estuda as bases antroposóficas da Pedagogia Waldorf.

Marcelo Rito explica que o curso está dividido em 3 momentos:

  • artístico: os alunos têm contato com o universo da música, artes plásticas, poesia e dança. A partir disso, adquirem habilidades para encontrar a própria voz, o próprio gesto e o próprio movimento. O objetivo é capacitá-los para a criação, exercitar a sensibilidade deles e ajudá-los a se tornarem pessoas confiantes em produzir algo diferente para o mundo;
  • epistemológico: o aluno tem acesso a disciplinas como Filosofia da Educação, Psicologia da Educação, Sociologia, Linguagem, Matemática. O objetivo é propiciar um conhecimento sobre as características que contribuíram para formar o que conhecemos como Pedagogia Moderna, além de todas as determinações que a ciência pedagógica historicamente produziu, a partir de uma concepção de humanização e cidadania;
  • metodológico: nessa parte, há uma dedicação forte para estágios e debates sobre assuntos atuais. Além da experiência prática, a ideia é motivar o aluno a direcionar um novo olhar para o mundo.

Além da graduação em Pedagogia, a Faculdade Rudolf Steiner disponibiliza o curso de Formação em Fundamentos da Antroposofia e da Pedagogia Waldorf. Ele é recomendado a quem deseja se aprofundar na Pedagogia Waldorf, dando seguimento a um próprio desenvolvimento profissional mais elevado.

Quais são as bases da Pedagogia Waldorf?

A Pedagogia Waldorf apresenta como base a Antroposofia e incentiva o desenvolvimento de habilidades sociais, emocionais, cognitivas e corporais. “O projeto pedagógico do nosso curso de Pedagogia está apoiado no elemento do pensamento do Steiner, em que ele se remete ao pensador alemão Goethe, quando este aproxima a arte da ciência”, explica Marcelo Rito.

A Pedagogia Waldorf é, também, voltada a uma educação humanizada, uma alternativa à educação tradicional. Ela objetiva fazer com que as crianças se sintam acolhidas, em vez de julgadas, que é algo comum em certos ambientes, quando elas apresentam dificuldade no aprendizado. Em vez disso, há uma preocupação em seguir o próprio ritmo do aluno e em ajudá-lo a desenvolver a inteligência emocional, a fim de que encare melhor os desafios da vida.

A arte também mostra um papel importante dentro dessa Pedagogia, pois consegue ajudar a criança na expressão de emoções, no desenvolvimento de mais sensibilidade criativa e na melhoria do desenvolvimento motor, por exemplo.

Qual é o diferencial de um curso de Pedagogia Waldorf na formação do professor?

Para Marcelo Rito, os diferenciais começam na filosofia da própria Pedagogia Waldorf: “o curso tem um direcionamento para tornar o professor mais ativo na produção de materiais e de conteúdos. Ele se torna um profissional permanentemente dedicado a criar situações e relações com os estudantes”.

“Os alunos são incentivados, pelo próprio projeto da faculdade, a criar soluções de avaliação, atividades, apresentação de temas, usando a expressão da própria sensibilidade, na direção de uma produção livre, com questões voltadas à educação”, completa.

Algo positivo da Pedagogia Waldorf e do curso da Faculdade Rudolf Steiner está na aquisição de sensibilidade e de uma percepção apurada sobre tudo que cerca a atuação do profissional. Muitos dos quesitos são desenvolvidos por meio da arte, a exemplo da dança e da música.

“Os professores que se voltam a essa formação adquirem, então, uma postura artística, dentro do ato educativo. Eles treinam o próprio olhar para buscar seus valores e encontrar o caminho para a realização do processo educativo”, explica Marcelo.

Entre habilidades adquiridas, Marcelo Rito lista: “criatividade, criticidade, habilidade de pesquisa constante, autopreparo interior, reconfiguração da própria personalidade. No fim do curso, ele estará pronto para se relacionar com o aluno, além de poder agir de maneira livre, sem determinismos”.

Um professor com a formação Waldorf é, também, um agente de transformação social. É ele o responsável por despertar na criança o interesse pelos saberes da humanidade. Com boas metodologias, tal profissional propõe, por exemplo, discussões e possibilita reflexões importantes para o desenvolvimento.

Ao atuar em uma escola Waldorf, o pedagogo contribui, ainda, para o desenvolvimento do senso crítico das crianças, promovendo experiências especiais no brincar, em dinâmicas de grupo, em narrativas de histórias e nos diálogos que estimulam o encadeamento de ideias.

Durante toda a formação, o professor passa por um caminho de autoconhecimento e transformação pessoal, já que essas são premissas para que ele possa atuar com mais qualidade dentro da sala de aula.

O currículo da Faculdade Rudolf Steiner é baseado em um ensino ampliado, que considera aspectos cognitivos, incluindo os tradicionais ramos da Pedagogia, enquanto valoriza processos artísticos e corpóreos. O objetivo é equilibrar pensamento e comportamento, a fim de buscar a harmonia entre o sentir, o pensar e o querer.

Enfim, a educação de hoje pede uma postura mais ativa e criativa do professor, que precisa buscar uma formação focada na humanização do aprendizado. Todo o diferencial da Pedagogia Waldorf se concentra na Antroposofia e no contínuo autodesenvolvimento emocional e cultural, para que o profissional esteja sempre apto a transformar tudo ao seu redor.

Gostou de ficar por dentro do diferencial da Pedagogia Waldorf? Caso precise de informação sobre nossos cursos, entre em contato!

Posts relacionados

Deixe um comentário