Ecologia nas escolas Ecologia nas escolas

Ecologia nas escolas: como esse tema é tratado?

7 minutos para ler

A preocupação com o meio ambiente é cada vez maior em todo o mundo, o que tem feito com que o tema ecologia nas escolas seja trabalhado de uma forma ainda mais intensa, sobretudo nas instituições que zelam pela sustentabilidade. O assunto marca presença nas salas de aula de uma forma diferenciada, mostrando toda a sua importância, inclusive, para a manutenção do planeta e do bem-estar dos seres humanos.

A educação, hoje, é também muito focada na formação de cidadãos conscientes, capazes de fazer a diferença no mundo em que vivem. Portanto, um tema tão relevante como esse não pode ficar de fora do conteúdo, pelo contrário. Neste artigo, vamos falar mais sobre a importância de trabalhar ecologia nas escolas, como essa realidade tem sido tratada atualmente e por que aliar teoria à prática é essencial. Acompanhe!

Qual é a importância de trabalhar ecologia nas escolas?

Primeiramente, é preciso deixar bem clara a relevância de tratar o tema ecologia nas escolas com bastante atenção. O mundo acompanha, muitas vezes perplexo, como o mau relacionamento dos seres humanos com o meio ambiente tem gerado resultados bastante negativos, que levam a milhares de mortes por ano.

O aquecimento global, os vários tipos de poluição, o consumismo desenfreado, tudo isso pode começar a ser revertido com a colaboração de todos. As escolas, como um pilar importante da sociedade, podem e devem mostrar às crianças e adolescentes que tudo o que eles fazem impactam a natureza, positivamente ou negativamente. Esse entendimento faz parte de uma formação sólida e eficaz.

Abaixo, mostramos mais pontos importantes sobre a relevância desse assunto para os alunos.

Desenvolve a consciência ambiental

Muitas vezes, as pessoas não se preocupam com mais vigor com o meio ambiente simplesmente porque não aprenderam mais acerca dele. Trabalhar a ecologia nas escolas desenvolve consciência ambiental, fazendo com que os estudantes, ainda em fase de amadurecimento, entendam o espaço que ocupam no mundo e como a própria existência depende de como se trata a natureza.

Promove a sustentabilidade

Sim, é de fato muito importante que as crianças e os adolescentes desenvolvam consciência ambiental. No entanto, os benefícios não param por aí. Esses estudantes vão levar para outros ambientes aquilo que eles aprenderam, contribuindo para que mais pessoas prestem atenção à importância da sustentabilidade.

Incentiva o consumo consciente

O consumismo desenfreado é um dos problemas do mundo atual. É a compra pela compra, sem reflexão, levando em consideração apenas se há ou não dinheiro para pagar por um produto ou serviço. No entanto, trabalhar a ecologia nas escolas faz com que os alunos passem a pensar mais sobre os seus hábitos do dia a dia.

Não tratar eletrônicos como descartáveis, reduzir o consumo de plástico, não adquirir por impulso uma porção de coisas desnecessárias são algumas das mudanças que costumam ser promovidas.

Ajuda na valorização dos recursos naturais

A (ainda) abundância dos recursos naturais faz com que muitas pessoas não deem valor a eles, já que estão disponíveis a qualquer momento.

Contudo, quem realmente entende que esses recursos são finitos, conhece todas as reais contribuições para os seres humanos e compreende a relação deles com a manutenção da própria vida passa a enxergá-los com muito mais carinho e cuidado.

Como esse tema tem sido tratado atualmente no ambiente escolar?

Mas, afinal, como esse tema tem sido tratado nas escolas hoje e aprendido nos cursos de pedagogia? Na maioria delas, como uma questão de urgência, como, de fato, é. Se, antes, aprendia-se muito mais sobre o que existe na natureza do que como preservá-la, atualmente essa realidade mudou. Existe uma metodologia muito mais apropriada.

Não se mostra mais os encantos do mundo, as características geológicas, as estações do ano ou o que quer que seja somente para que se saiba mais sobre eles, mas também para despertar o deslumbramento e o interesse para consequentemente preservá-los.

Além disso, os ensinamentos vão além dos muros da instituição, mostrando como atitudes simples do dia a dia, em casa, em um local de lazer, entre outros, fazem a diferença.

Por que aliar à prática quando se trata de ecologia?

Ao contrário do que ocorre com outros assuntos que são muito teóricos, o ensino da ecologia deve ser aliado à prática. É nas ações do dia a dia que os alunos realmente conseguem perceber as reações da natureza aos cuidados (ou à falta deles) dispensados pelas pessoas.

Além disso, o fato de contemplarem todos os benefícios naturais e usufruírem deles cria um elo afetivo muito grande com o meio ambiente, despertando nas crianças e nos adolescentes a necessidade de tratá-lo com dedicação.

Faça atividades interativas

Diante disso, é preciso pensar em como engajar os estudantes em tratar de maneira acertada a relação com a ecologia. Uma dica é promover atividades interativas, não só dos alunos com os recursos naturais, mas também uns com os outros, mostrando que a responsabilidade com o meio ambiente não é de uma única pessoa.

Essas atividades podem ser desde regar as plantas do jardim até a criação, por parte dos alunos, de uma campanha que promova a sustentabilidade dentro e fora da instituição.

Trabalhe os sentimentos

Quando se trata da ecologia nas escolas, uma atitude muito importante é trabalhar os sentimentos dos estudantes. Mostre a eles como a natureza esteve presente nos momentos mais relevantes de suas vidas, desde o nascimento de cada um.

Como exemplo, pode ser citado um dia de sol no sítio, a primeira vez que se viu o mar ou a neve, a alegria ao ter em casa um cachorro ou gato. Além disso, pode-se contar uma bonita história sobre a natureza, entre outras abordagens.

Mostre imagens de impacto

As imagens ajudam muito a conscientizar as pessoas. Mostre fotos e filmagens impactantes, respeitando, obviamente, a faixa etária da sala. Um mar repleto de plástico, um animal sofrendo com o lixo jogado na água ou mesmo na terra, uma cidade coberta de poluição, a intensidade do calor, entre outros, são alguns dos exemplos que costumam gerar bastante comoção.

Por outro lado, mostre também imagens do que tem sido feito de bom, com voluntários trabalhando em favor do bem-estar de todos os seres humanos. Procure por crianças e adolescentes que agem assim também, para que os estudantes possam se identificar ainda mais.

A ecologia nas escolas tem sido tratada com muito cuidado e atenção, por meio de ensinos bem embasados, atividades criativas e demonstrações práticas de como tudo o que o ser humano faz afeta o meio ambiente. É importante que toda a comunidade se engaje nesse tipo de ensino nas instituições.

Gostou deste artigo? Quer receber mais conteúdos como este no seu feed? Então, curta a nossa página no Facebook!

Posts relacionados

Deixe um comentário