Gestão escolar Gestão escolar

Gestão escolar: o que é, como desenvolver e quais são os pilares?

7 minutos para ler

Você já parou para pensar que a gestão escolar pode influenciar muito no processo de ensino-aprendizagem e no relacionamento entre professores, pais e alunos? Dar atenção a esse fator é essencial para manter a qualidade da educação e encontrar maneiras inovadoras de ensinar.

Quer saber mais sobre o assunto? É só continuar a leitura!

O que é gestão escolar?

O termo é utilizado para tratar dos processos de gerenciamento no ambiente escolar, o que envolve questões financeiras, administrativas e pedagógicas. O principal objetivo da gestão escolar é melhorar a eficiência dos processos e garantir a qualidade do ensino-aprendizagem.

Sendo assim, entender como funciona a gestão escolar é essencial para assegurar um ambiente seguro para o aprendizado, bem como as condições ideais para o professor buscar o desenvolvimento pessoal e profissional para que possa estar preparado para a educação do futuro.

Qual é a importância de uma boa gestão escolar?

Do ponto de vista pedagógico, a boa gestão da instituição de ensino assegura um ambiente adequado para estimular o aprendizado, o convívio social e o desenvolvimento emocional dos alunos.

Do ponto de vista administrativo e financeiro, é por meio de uma gestão eficaz que a escola conquista recursos para investir em infraestrutura, na contratação de professores qualificados e demais necessidades da comunidade escolar. O alinhamento entre as instâncias pedagógica e administrativa é o caminho certo para a conquista de excelência.

Ter um curso em pedagogia é uma maneira de se preparar para desempenhar o trabalho de gestão escolar e desenvolver uma mente atenta para as necessidades de educadores, alunos e comunidade.

Quais são os pilares da gestão escolar?

O gestor precisa manter sua atenção direcionada aos resultados da escola, como a satisfação de pais e alunos, altos níveis de aprendizado e motivação da equipe. Para tanto, é imprescindível conhecer todos os pilares da gestão escolar.

Gestão pedagógica

Na instância pedagógica, está o coração de uma instituição de ensino. O principal objetivo da gestão pedagógica é melhorar os processos educacionais, estimular a capacitação continuada de professores e buscar as melhores práticas para aprimorar a aprendizagem dos estudantes.

Portanto, o gestor da escola precisa manter um diálogo aberto com os educadores para entender suas necessidades e traçar estratégias para buscar o aprimoramento da educação. Também é papel desse profissional manter um diálogo com a comunidade e realizar atividades para incentivar a participação dos pais no ambiente escolar e no processo de ensino-aprendizagem de seus filhos.

O gestor escolar desenvolve métodos de avaliação dos professores, promove ações para renovação das práticas educativas, promove melhorias no currículo escolar, mantém as metodologias de ensino atualizadas e integra instituição e comunidade. A gestão pedagógica é o pilar mais importante do ambiente escolar.

Gestão administrativa

Quando o professor está seguro de que existe uma infraestrutura sendo cuidada para que as práticas educativas possam acontecer, ele pode disponibilizar seus esforços no preparo de aulas consistentes, ricas e criativas, que estimulem o aluno ao processo de aprendizado.

Essa infraestrutura é proporcionada pelo gestor escolar, que planeja e garante a compra de materiais didáticos e administrativos, gerencia os cuidados com manutenção e limpeza geral das instalações da escola, ações que fazem toda a diferença no dia a dia, tanto para as equipes de trabalho quanto para os alunos.

Gestão financeira

A gestão financeira é a área responsável por administrar o orçamento da instituição de ensino, equilibrando as entradas e saídas de recursos. É possível que o gestor escolar não tenha conhecimento suficiente em gestão financeira e processos contábeis, mas nada o impede de contratar um profissional para auxiliar nessa questão.

Essa é uma atividade que envolve tanto funções administrativas e financeiras tradicionais, como o cuidado com compras e estoque, o controle e a gestão de inadimplência, mas também com questões inerentes ao ambiente escolar, como a evasão de alunos, um tema cujo olhar entrelaça decisões financeiras e pedagógicas.

Um bom gestor também consegue mapear quais serão os investimentos necessários nos próximos anos, incluindo-os no planejamento orçamentário. Cuidar do desperdício é outra função importante do gestor escolar, o que acontece por meio da instituição de boas práticas para preservação de recursos, que devem envolver a conscientização de toda a comunidade.

Gestão de recursos humanos

Saber administrar a equipe também é papel do gestor da escola. É importante manter um relacionamento com todos os profissionais, pais e alunos, sempre em busca de um ambiente escolar que favoreça a participação e a comunicação entre todas as instâncias.

Para tanto, é fundamental criar um ambiente colaborativo e focado no desenvolvimento do aluno. O gestor também pode instituir práticas para:

  • melhorar o relacionamento entre os profissionais da escola;
  • promover o desenvolvimento profissional e a melhoria contínua da qualidade da educação.

Gestão da comunicação

Como está a comunicação entre a escola, os professores e a comunidade em geral? Manter um diálogo aberto com os colaboradores é imprescindível para alcançar a qualidade no ensino. O educador precisa ter confiança de que pode procurar o auxílio do gestor ou propor mudanças em alguns processos de forma a buscar melhorias.

A comunicação também pode se estender para além dos muros da instituição, como forma de promover a consciência ambiental, valorizar o ensino e atrair estudantes para a escola. Conheça algumas das atividades relacionadas à comunicação no ambiente escolar:

  • realizar reuniões entre pais e professores para tratar das notas e da participação dos alunos durante as aulas;
  • informar os alunos e os pais sobre o calendário de atividades da escola;
  • manter um contato entre professor e aluno para compreender quais são as maiores dificuldades no aprendizado, a fim de desenvolver projetos de reforço escolar;
  • manter canais de comunicação entre as diferentes instâncias da escola: pais, professores e alunos.

Gestão do tempo e eficiência

Quem sabe controlar o tempo consegue ter mais produtividade e eficiência. Portanto, também cabe ao gestor delegar tarefas e auxiliar no controle das atividades promovidas na escola. Será que o professor está utilizando bem o seu tempo com os alunos para estimular o aprendizado?

Talvez haja falhas no processo de matrícula e rematrícula, o que pode prejudicar a permanência dos alunos na instituição. Logo, gerir esse processo e diminuir o tempo de espera é uma maneira de levar mais eficiência para a escola.

Quais são as melhores práticas para otimizar a gestão escolar?

Uma maneira de melhorar a gestão escolar e evitar erros no processo é utilizar o apoio da tecnologia. Alguns sistemas já foram desenvolvidos especialmente para instituições de ensino com o intuito de melhorar o controle financeiro, a gestão de matrículas e outras atividades específicas desse setor.

O importante é encontrar uma maneira prática de controlar todos os pilares da gestão escolar para não ter problemas financeiros ou falhas de comunicação com a equipe. Gostou das dicas e acha que esse assunto pode interessar a sua rede de contatos? Então aproveite para compartilhar este conteúdo nas redes sociais!

Posts relacionados

Deixe um comentário