importância do professor importância do professor

Entenda a importância do professor no desenvolvimento dos alunos

6 minutos para ler

As funções desempenhadas pelo professor, além da sua responsabilidade por mediar a relação entre os alunos e o conhecimento, são indispensáveis para a formação do ser humano. Neste post, vamos abordar como os últimos acontecimentos reforçam a necessidade de entender mais sobre a importância do professor.

Sempre é um bom momento para se aprofundar nesse assunto. Afinal, muito se fala sobre a relevância desse profissional, mas pouco se procura compreender quais são os seus reais desafios hoje em dia. Acompanhe este post e entre na discussão!

Os desafios da educação na pandemia

O fechamento das escolas devido à pandemia iniciou uma migração intensa das relações de estudo para o ambiente digital. Gestores de instituições de ensino precisaram organizar plataformas que dessem conta das aulas virtuais, e os professores mudaram seus métodos de ensino para dar continuidade aos propósitos pedagógicos.

No outro lado, as crianças e seus familiares também enfrentaram os desafios da rotina de isolamento. As crianças, que antes interagiam com professores e colegas de turma no ambiente físico da sala de aula, precisaram lutar para se concentrarem nas aulas virtuais de dentro de suas próprias casas. A interação com os membros da escola tinha se tornado parte ínfima do seu dia.

Os familiares, por conta das aulas virtuais dos filhos, tiveram de mudar os horários de home office, dedicar mais tempo ao cuidado com as crianças e assumir parte das funções dos professores, como tirar dúvidas, ajudar nas lições de casa e explicar assuntos com os quais não têm muita familiaridade.

Isso gera alguns atritos na relação de ensino e aprendizado. Mesmo que os pais tenham o máximo de disposição para ajudar as crianças na educação em casa, o aprendizado corre o risco de ficar prejudicado, já que é na escola que elas estão inseridas em um ambiente com todas as ferramentas e profissionais treinados para favorecer o aprendizado.

O “novo normal”

Com menos de um ano de adaptação à rotina da pandemia, outra reinvenção está pela frente. Agora, na fase chamada de “novo normal”, as escolas serão reabertas, mas com uma série de normas sanitárias para evitar uma outra onda do coronavírus e colaborar para a diminuição de novos casos no país.

As medidas variam de acordo com o estado, mas, no geral, elas servem para que todos consigam evitar aglomerações e contato físico, além de usar máscaras e garantir a higienização frequente das mãos e de objetos pessoais.

As restrições exigem que os professores repensem métodos de ensino, principalmente para o desenvolvimento dos alunos menores, que costumam se aproximar uns dos outros com mais frequência por conta da vontade de brincadeiras.

A importância do professor na relação de ensino

A redução da participação dos professores no cotidiano dos alunos nos serve para pensar no papel desempenhado por esses profissionais fundamentais aos novos desafios da escola do futuro.

Longe de ser uma relação estritamente baseada na transmissão de conhecimento de um para o outro, professores e alunos constroem de forma integrada um ambiente estimulante e afetivo.

A relação de identificação que os alunos têm com os professores é o gatilho para que haja a segurança e confiança necessárias para a construção do conhecimento. É uma interação que também demanda um contexto específico, favorecido pela sala de aula, onde estão todas as ferramentas que colaboram para as reflexões e troca de informações.

Do mesmo modo que não é a sala de aula que faz o professor, não é toda relação de ensino e aprendizado que apresenta a figura do professor. O docente é a pessoa que une disposição, vocação e formação necessária para interagir com os alunos, conduzi-los nas dúvidas e buscar contribuições e soluções conjuntas.

Os benefícios do bom vínculo com o professor

Você já parou para pensar em como a boa relação entre professores e alunos pode ser benéfica? Uma maneira de entender isso é percebendo como as crianças e os jovens se mostram abertos à troca de informações, quando identificam uma figura cuidadora, capaz de dar um norte para seus objetivos.

Na escola, a criança é apresentada a um gigantesco universo de socialização que tem o professor como uma das figuras centrais, com o qual é necessário constituir um vínculo. Ela aprende melhor quando há uma ligação de confiança com tal adulto. Isso porque é criada uma base segura para pedir ajuda e receber apoio sem o medo da rejeição.

O aluno se sente individualizado quando o professor consegue dedicar tempo para ajudar na resolução dos seus problemas. Por isso, a atuação do professor fica prejudicada, se ele necessita lidar com turmas muito lotadas, principalmente no contexto de aulas virtuais — nesse caso, uma abordagem personalizada se torna ainda mais difícil.

A necessidade de formação para professores

Como vimos, a vocação é uma característica importante para a atuação de um professor. Mas a vontade de ensinar não é o bastante quando não há a chance de ingressar em uma formação específica, capaz de oferecer o suporte necessário para enfrentar os desafios da profissão e aperfeiçoar cada vez mais a arte do ensino-aprendizado.

Nesse caso, uma ótima opção é o curso superior de pedagogia. Uma das grandes vantagens de cursá-lo é a formação humanizada que o profissional adquire para lidar com os problemas comuns da sala de aula e encontrar saídas em conjunto.

No curso de Pedagogia da Faculdade Rudolf Steiner, o aluno tem a chance de refletir sobre a educação em seus aspectos amplos e específicos, além de obter a capacidade de adaptar suas abordagens em relação às turmas e melhorar a interação com os alunos das instituições de ensino.

Ser professor demanda uma postura de diálogo e abertura para o outro, tanto na relação crianças-professor, quanto nas relações jovens-professor e adultos-professor. O aluno é diretamente beneficiado nesse vínculo, já que sente mais segurança para errar e pedir ajuda. Esperamos que tenha gostado de saber um pouco mais sobre a importância do professor!

Se você está na fase de escolher o curso superior e pensa em fazer pedagogia, leia sobre o assunto para saber se vale a pena!

Posts relacionados

Deixe um comentário