mercado de trabalho para pedagogos mercado de trabalho para pedagogos

Tire suas principais dúvidas sobre o mercado de trabalho para pedagogos

9 minutos para ler

Ao contrário de que alguns possam imaginar, o mercado de trabalho para pedagogos não se restringe apenas à sala de aula. É claro que grande parte dos profissionais que ingressam em uma graduação de Pedagogia tem interesse em atuar no campo da docência ou exercer carreira no ambiente escolar, no entanto, tendências revelam oportunidades em campos diversos, como em empresas e até mesmo hospitais!

Foi pensando em tirar as suas dúvidas sobre o mercado de trabalho para pedagogos, fornecendo, também, algumas informações importantes para aqueles que querem cursar Pedagogia, que preparamos este post completo. Continue conosco e veja o que o espera pela frente ao entrar e concluir a faculdade!

Como é o mercado de trabalho para os pedagogos no Brasil?

Escolhida, sobretudo, por aqueles que desejam atuar na área da educação, a faculdade de Pedagogia forma profissionais capazes de lidar com processos de ensino-aprendizado, bem como serviços ligados à gestão escolar. Trata-se de uma formação bastante ampla, por isso, o mercado de trabalho para pedagogos oferece vários caminhos — afinal, o conhecimento engrandece o ser humano e definitivamente não está restrito às escolas.

Na graduação, o pedagogo aprenderá a exercer funções de magistério na educação infantil e nas séries iniciais do ensino fundamental, podendo, também, trabalhar com o ensino de jovens e adultos que, por algum motivo, não deram continuidade aos estudos nessas etapas. Ao atuar com crianças de 0 a 6 anos, ele tem um papel importantíssimo no desenvolvimento psicomotor, cognitivo e socioemocional dos pequenos, aplicando atividades estimulantes nesses contextos.

Nas séries iniciais e no ensino de jovens e adultos, cabe ao pedagogo guiar seus estudantes nos processos de alfabetização, interpretação textual, expressão escrita e oral, entre outros. Tudo isso de forma inclusiva e humanizada, compreendendo que cada indivíduo tem um ritmo diferente de aprendizado. Por isso, a importância de dominar diferentes metodologias, como falaremos adiante neste artigo.

Quanto ao mercado de trabalho para pedagogos, podemos adiantar que ele é promissor. Além de professor, o profissional formado pode trabalhar como pesquisador, coordenador, diretor, consultor autônomo em empresas e escolas, elaborador de políticas públicas e projetos de educação, escritor de materiais didáticos, entre outras carreiras que mencionaremos a seguir.

Quais as principais tendências futuras para essa profissão?

Os avanços tecnológicos trouxeram otimização e melhorias em diversos sentidos. Para as empresas e indústrias, significaram aumento da produção e da lucratividade. Para os usuários dessas ferramentas inovadoras, agregaram praticidade, flexibilidade e lazer ao cotidiano. Mas, e para a educação? Será mesmo que a tecnologia deve ser vista como aliada?

Uma das tendências fortes para a profissão do pedagogo é o uso da tecnologia como meio de gerar engajamento entre estudante e conteúdo. Exemplos de seu uso podem ser vistos em plataformas de ensino interativas, livros virtuais etc.

A valorização dos professores também é uma tendência futura para a profissão. Tudo isso colabora com a construção de um sistema de ensino de qualidade e equidade, ou seja, que ofereça as mesmas oportunidades para todos, certamente um desafio a ser driblado. Por isso, os investimentos na formação continuada de educadores, por meio de incentivos a especializações, é foco de políticas públicas relacionadas à educação.

Quais são as habilidades exigidas do pedagogo?

Para se destacar na área da Pedagogia e exercer a profissão com excelência, é importante que o pedagogo conte com certas características e habilidades. Aqui, estão em jogo não só a paixão pelo que faz e o desejo de transformar o mundo por meio da educação, como também competências específicas que asseguram a eficácia da missão desse profissional.

Abaixo, separamos essas habilidades em três eixos: socioemocionais, técnicas e metodológicas. Entenda detalhadamente!

Socioemocionais

As habilidades socioemocionais integram um conjunto de competências ligadas à capacidade do ser humano em lidar com seus próprios sentimentos e utilizá-los a seu favor em relações interpessoais. Como o pedagogo trabalha com pessoas, é fundamental que ele tenha esse controle de suas emoções e, acima de tudo, que compreenda que indivíduos diferentes agem e reagem de formas distintas. Por isso, ele precisa atuar com:

  • empatia, ouvindo o que o próximo tem a dizer e até mesmo lidando com críticas que melhorem a sua atuação;
  • tolerância, entendendo que pessoas vêm de contextos diferentes, portanto, podem pensar diferente e enxergar o mundo de outra maneira
  • interesse, demonstrando que se preocupa com o próximo e que visa entender as suas necessidades para, assim, elaborar um plano de ação;
  • criatividade, tendo um verdadeiro “jogo de cintura” para tratar situações adversas etc.

Técnicas

É claro que, para transmitir conteúdo, o pedagogo precisa deter conteúdo. Por isso, a dedicação à faculdade é indispensável. Ao longo do curso, o futuro profissional compreenderá a docência como um processo baseado em relações sociais que envolvem conceitos, visões, princípios e objetivos. Ele também será estimulado a articular conhecimentos e valores para a construção de processos de aprendizado efetivos.

Algumas das habilidades técnicas exigidas do pedagogo são:

  • atualização constante, para se manter a par das tendências em educação e contribuir com processos de ensino eficazes;
  • boa oratória, para passar a mensagem desejada com clareza para todos etc.

Metodológicas

Você deve ter percebido ao longo deste post que ser pedagogo é exercer a arte de ensinar para todas as idades, dos pequenos aos idosos, e respeitando todos os ritmos, dos mais acelerados àqueles que precisam de uma atenção especializada por parte do educador. Por isso, dominar metodologias diferentes — ou seja, que vão além daquela tradicional, envolvendo provas, notas, separação por séries etc. — é indispensável.

Embora o ensino tradicional ainda seja bastante empregado no Brasil, é preciso estar atento e, melhor ainda, aberto às transformações em prol de melhorias na qualidade da educação. Hoje, cada vez mais escolas vêm apostando em metodologias que envolvem práticas diferentes e que contribuem com a formação integral do ser humano, trabalhando suas diversas inteligências e não só focando na transmissão e avaliação do conteúdo básico.

Algumas dessas metodologias incluem:

  • metodologia empregada pela pedagogia Waldorf;
  • metodologia Montessoriana;
  • método de ensino construtivo;
  • uso da tecnologia como aliada etc.

Onde um pedagogo pode atuar?

Lembra que comentamos o quão vasto é o mercado de trabalho para pedagogos no Brasil? Agora, você entenderá em quais segmentos esse profissional pode atuar. Acompanhe!

  • docência, atuando na educação infantil, primeiras séries do fundamental e ensino de jovens e adultos;
  • pesquisa, trabalhando junto às universidades na elaboração de estudos referentes à educação no país;
  • administração escolar, gerenciando os recursos diversos das instituições de ensino;
  • coordenação pedagógica, acompanhando e orientando educadores quanto à rotina e ao ambiente escolar, atuando também no controle do processo de aprendizagem dos alunos;
  • supervisão, avaliando o desempenho dos professores com o intuito de melhorar a qualidade do ensino;
  • pedagogia empresarial, elaborando, implementando e mensurando projetos educacionais que visam transformar o comportamento dos colaboradores de uma empresa, de instituições como ONGs etc.;
  • pedagogia hospitalar, dando continuidade à educação de crianças, jovens e adultos internados em hospitais;
  • escrita e edição, preparando materiais didáticos voltados a diferentes etapas da educação;
  • educação especial, adaptando materiais e ministrando aulas para pessoas portadoras de necessidades especiais;
  • educação prisional, praticando ensino básico ou ministrando cursos para os detentos.

Quais são os principais desafios enfrentados por esse profissional?

Quem acompanha os debates em torno da educação já percebeu que, muito embora a importância do pedagogo para a sociedade seja inquestionável, existem, sim, diversos empecilhos a serem enfrentados por ele no país. A confusão entre a expertise e didática é um desses desafios, e explicaremos o porquê.

Grande parte dos professores, sobretudo, que atuam no ensino superior, é especialista na área que ministra aulas. No entanto, ter um diploma de especialização não garante que o profissional seja um excelente professor. Em outras palavras, não basta dominar a fundo um assunto ou dominar determinada teoria se, na prática, você não consegue passá-la para o próximo. Isso porque a docência vai além da especialidade.

Por isso, é importante buscar por cursos de Pedagogia que tenham uma visão voltada para a educação humanizada — que buscam aperfeiçoar a educação por meio de metodologias diversas, com objetivo de assegurar que todos os alunos daquele professor entendam o conteúdo e compreendam porquê estão o estudando.

Outros dos desafios enfrentados pelo pedagogo atual são:

  • falta de tempo para lidar com cargas horárias altas;
  • desmistificar a visão de que a tecnologia é uma vilã do aprendizado;
  • mostrar ao sistema de ensino brasileiro a importância de focar nas diferentes inteligências do ser humano para uma formação completa.

Como foi possível perceber, o mercado de trabalho para pedagogos apresenta demandas para segmentos diversos. Isso é interessante, pois, potencializa as chances de empregabilidade para o formado e permite que ele siga carreira na área que mais se alinha aos seus objetivos — alcançando sucesso e valorização. Sem falar que sempre há procura pelos graduados em Pedagogia, afinal, a educação é um dos pilares para que a sociedade se desenvolva adequadamente, e não só escolas precisam do trabalho desse profissional.

Esperamos que, com este post, todas as suas dúvidas sobre o tema tenham sido esclarecidas e que você possa entrar na faculdade com a segurança de ter feito a escolha certa! Mas, se ainda restou algum questionamento, deixe o seu comentário abaixo que vamos respondê-lo!

Posts relacionados

3 thoughts on “Tire suas principais dúvidas sobre o mercado de trabalho para pedagogos

  1. Olá! Bom dia. Estou inclinada a fazer pedagogia , tenho lido muito a respeito da profissão, inclusive esta foi bem esclarecedora. Mas a dúvida q tenho è A seguinte ,já estou com 47 anos, será q tenho chance no mercado de trabalho?
    Desde já agradeço!!!

  2. Sim amei muito como descreveu com detalhes neste posto a importância do profissional em pedagogia. E as áreas de atuação apresentam bastante ricas.

Deixe um comentário