Processo Seletivo da Faculdade Rudolf Steiner Processo Seletivo da Faculdade Rudolf Steiner

Processo Seletivo da Faculdade Rudolf Steiner: por que escolher e como se preparar

6 minutos para ler

A Faculdade Rudolf Steiner existe há dois anos, mas sua mantenedora fomenta e promove a pedagogia Waldorf há mais de 60 anos, por meio da Escola Waldorf Rudolf Steiner, que atende alunos desde a educação infantil até o ensino médio. Além disso, há mais de 40 anos forma professores Waldorf, tendo se tornado referência na formação de educadores.

A instituição de ensino tem como foco o estudo do ser humano e a aplicação desse conhecimento em práticas didáticas e matérias artísticas. A grade curricular do curso contempla todas as disciplinas teóricas necessárias para a formação do pedagogo, mas os alunos também experimentam práticas como música, pintura, modelagem e dança, aprimorando a sensibilidade e desenvolvendo habilidades importantes para a prática pedagógica.

O reconhecimento e a metodologia de ensino facilitam a empregabilidade dos profissionais quando terminam os estudos na instituição.

Quer saber como funciona esse método e como é o processo seletivo da faculdade Rudolf Steiner? Fique com a gente, entrevistamos Marcelo Rito, Coordenador de Graduação que nos explica tudo. Acompanhe!

Quem foi Rudolf Steiner

Nascido em 27 de fevereiro de 1861, na Áustria, Rudolf Steiner sempre teve um interesse particular no estudo do ser humano, mas acabou fazendo um curso superior na área de exatas a pedido de seu pai.

Em 1883 Rudof destacou-se pelo desempenho acadêmico e foi convidado a trabalhar no Arquivo Goethe-Schiller na Alemanha. Foi ali que desenvolveu um interesse pela literatura filosófica. Após alguns anos, Steiner passou a exercer a atividade de escritor e conferencista com o objetivo de divulgar os seus estudos na área científica e espiritual.

Rudolf Steiner fundou a Sociedade Antroposófica, buscando o desenvolvimento de uma visão integral do ser humano, abrangendo questões físicas, psicológicas e espirituais. Morreu em 1925, mas suas ideias propagaram-se e desenvolveram-se nas escolas Waldorf e agora na Faculdade Rudolf Steiner.

Pedagogia Waldorf no Brasil

As instituições ligadas à pedagogia Waldorf entendem o espaço escolar como um ambiente onde é proporcionado formação cultural, estética, teórica e prática. Assim, os estudantes conseguem desenvolver os seus próprios caminhos em busca do conhecimento do todo, ou seja, da natureza, do homem e da sociedade. Dessa forma, a pedagogia Waldorf forma profissionais experimentes e conectados com as demandas sociais.

No Brasil, hoje, são mais de 200 escolas espalhadas por todo o território, com amplo crescimento na última década.

Nota Máxima no MEC

Nós somos nota 5 na avaliação do MEC e esse sucesso se deve ao fato de ampliarmos os conteúdos para os cursos de pedagogia exigidos pelo MEC, agregando os valores e as melhores práticas pertinentes à pedagogia”, explicou Marcelo Rito, Coordenador de Graduação.

A qualidade do ensino da Faculdade Rudolf Steiner proporciona um fácil acesso a estágios em escolas ao redor do país. “Quase 100% dos alunos que estão no segundo ano da faculdade já estão trabalhando ou estagiando remuneradamente em iniciativas Waldorf ou em outras escolas”, salientou Rito.

Como funciona o processo seletivo na Faculdade Rudolf Steiner

A metodologia do vestibular é diferenciada. O vestibular consiste em uma prova formal com redação e questões relacionadas às habilidades lógico-matemáticas e tenta avaliar com o mesmo grau de exigência as 3 dimensões que depois serão desenvolvidas durante o curso:

  • a primeira avaliação é a formação cultural que é analisada na redação;
  • a segunda é o autodesenvolvimento que é a formação artística, buscando o autodesenvolvimento pessoal que é representado por um exercício no campo das artes;
  • a terceira parte é um momento de habilidade social, como liderança e composição de grupo, características necessárias para um professor.

A prova tem duração de 2 horas, sendo indicado chegar com 15 minutos de antecedência no dia do vestibular. O participante deve levar junto alguns documentos e materiais:

  • documento de identificação com foto;
  • comprovante de pagamento da taxa de inscrição;
  • caneta preta;
  • lápis e borracha.

A classificação é feita com base nas notas obtidas durante a prova, sendo que o candidato que tirar zero em alguma etapa ou não comparecer ao vestibular é desclassificado.

Como se preparar para a prova da Faculdade Rudolf Steiner

O jovem que deseja participar do vestibular da Rudolf Steiner precisa ter um conhecimento amplo sobre cultura, aspectos sociais e políticos do Brasil e do mundo, pois isso será exigido na redação.

Também é importante que o candidato saiba reproduzir sua expressão social de forma criativa e que tenha habilidades de comunicação e interação com pessoas. Essas são habilidades trabalhadas ao longo da vida em suas atividades cotidianas junto à família e à escola. Portanto, não é necessário um método de preparação específico para a prova.

Infraestrutura da Instituição

Agora que você já sabe como funciona o processo seletivo na Faculdade Rudolf Steiner, o que acha de conhecer mais a fundo a infraestrutura e a qualidade do nosso corpo docente?

Os professores têm experiência e formação de caráter humanista. Muitos deles passaram por instituições públicas com pesquisas nessa área e na pedagogia Waldorf aliada à pedagogia moderna.

A instituição fica localizada em São Paulo e tem áreas próprias para desenvolver o ensino artístico com estímulo à criatividade e convívio social. O diferencial da faculdade está na formação do indivíduo para a sociedade e o processo de ensino que alia 3 eixos descritos logo abaixo:

  • Formação Cultural — com disciplinas sobre teoria e compreensão do ser humano e da sociedade, aliando conhecimentos em áreas como História, Psicologia, Antropologia e Sociologia;
  • Formação Pedagógica — estudo de técnicas para saber lidar com os alunos em sala de aula, exercício da docência, planejamento das atividades e avaliação;
  • Formação Artística e Social — atividades que promovem o autoconhecimento por meio de aulas que desenvolvem habilidades artísticas, musicais e corporais.

Assim como o método de ensino é diferenciado, o processo seletivo na Faculdade Rudolf Steiner segue uma metodologia própria. A instituição tem como foco o desenvolvimento do ser humano e o conhecimento amplo sobre a sociedade em que vive, por isso, não utiliza a prova do ENEM como ferramenta de entrada no curso.

Ficou interessado em conhecer mais sobre a nossa faculdade? Entre em contato e agende uma visita!

Posts relacionados

4 thoughts on “Processo Seletivo da Faculdade Rudolf Steiner: por que escolher e como se preparar

  1. Li sobre a filosofia e dou aulas particulares para crianças de escolas Waldorf. Sou apaixonada por esta linha de trabalho e pensamento, e fiquei muito interessada em participar do processo seletivo.

    1. Olá! Ficamos felizes com o seu interesse! Entraremos em contato por email, ainda é possível iniciar o curso este ano.

Deixe um comentário