Projeto Político Pedagógico Projeto Político Pedagógico

O que é um Projeto Político Pedagógico e qual o seu conteúdo?

6 minutos para ler

Você sabia que cada instituição de ensino segue um Projeto Político Pedagógico (PPP)? O documento serve para orientar as práticas adotadas pela organização, indicando suas prioridades na formação dos estudantes. Logo, ele reflete a proposta educacional da escola para os seus alunos e a sociedade em geral.

Sendo assim, o PPP abrange questões sociais, políticas e pedagógicas na formação do seu currículo e técnicas de ensino-aprendizagem. Quer saber mais sobre esse documento e como ele interfere em todo um programa de estudos? É só continuar a leitura!

O que é o Projeto Político Pedagógico (PPP)?

O Projeto Político Pedagógico consiste em um documento que orienta todas as ações a serem tomadas por uma escola, com base em suas diretrizes e na identidade da instituição.

Cada instituição de ensino tem a obrigatoriedade de criar o seu PPP, pois essa exigência está definida na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). O projeto tem como papel definir as ações que devem ser implementadas na escola em curto, médio e longo prazo. Ele também precisa definir qual é a estrutura necessária para o funcionamento das atividades educacionais, explicando de forma clara qual é a função daquele espaço de ensino.

Para que serve o PPP?

O Projeto Político Pedagógico deve servir como uma “bússola”, orientando os educadores e a comunidade escolar sobre os projetos a serem desenvolvidos ao longo do ano letivo. As informações contidas no PPP precisam indicar qual será a abordagem de conteúdo utilizada pela instituição, apresentando as principais propostas de temas e trabalhos a serem desenvolvidos, bem como os principais métodos de avaliação dos alunos.

O documento ainda tem a função de criar uma “personalidade” para a escola ao mostrar o seu perfil de trabalho. O ideal é fazer uma atualização anual do documento para averiguar se há mudanças significativas nas necessidades da comunidade em que a escola está inserida ou nos projetos executados pela instituição.

Além disso, é essencial trabalhar com indicadores para avaliar os resultados obtidos nas ações propostas, a fim de poder oferecer qualidade no ensino e adaptação ao contexto social. Essas informações ainda contribuem para identificar se é necessário investir na atualização profissional dos educadores ou novos modelos de gestão.

O que deve conter no Projeto Político Pedagógico?

O documento deve conter as informações sobre o contexto em que a escola está inserida e dados sobre a qualidade do ensino. Explicamos mais a seguir!

Identificação da escola

A primeira parte do PPP precisa apresentar as informações gerais da instituição de ensino, como endereço, CNPJ, responsável pela direção e coordenação e origem dos recursos para a manutenção das atividades.

Também é importante informar o nome de todas as pessoas que auxiliaram na elaboração do projeto, bem como as séries atendidas pela escola.

Missão

A missão da escola envolve todos os valores e princípios que sempre nortearam suas ações. Por isso, essa etapa pode iniciar pela história da instituição e todas as mudanças que ela passou ao longo dos anos. Ao final, você terá contextualizado o objetivo de a escola existir.

Contexto da família dos alunos

Antes de criar o Projeto Político Pedagógico, também é importante entender qual é a realidade na qual a instituição está inserida. Como é o perfil dos alunos e de seus familiares? Quais são as principais necessidades daquela comunidade? Há alguma questão socioeconômica que deve ser considerada na hora de elaborar o programa de ensino?

Procure analisar os dados demográficos da região, converse com os alunos e os pais e faça uma pesquisa na localidade. O objetivo é reunir o máximo de informações para entender a situação econômica das famílias, o compromisso que elas têm com a escola e o potencial de desenvolvimento dos estudantes.

Assim, a escola consegue desenvolver atividades para aquele público específico, bem como exigir o uso de materiais fáceis de serem encontrados pelos estudantes e ainda promover uma transformação social.

Dados do ensino-aprendizagem

Esse trecho do documento informa quais são os índices de aprovação e reprovação da escola, a média de notas e as avaliações de desempenho do Ministério da Educação. Também é o local em que podem ser inseridas informações extras sobre prêmios recebidos pela instituição e projetos específicos.

Também é necessário indicar quais são os planos da gestão escolar para melhorar o processo educacional e instituir programas de incentivo, considerando sempre os aspectos principais da pedagogia.

Recursos disponíveis

Nesse ponto, é necessário informar toda a estrutura física da instituição, o quadro de colaboradores e os recursos disponíveis para o processo de ensino-aprendizagem.

Também podem ser descritas as limitações da escola, como a falta de equipamentos tecnológicos e do aporte necessário para adquiri-los.

Como montar o PPP?

Não é difícil elaborar um Projeto Político Pedagógico. Contudo, existe um processo que deve ser seguido para que a escola consiga reunir o maior número de informações.

Fazer o diagnóstico

Antes de iniciar a elaboração do PPP, os profissionais envolvidos devem buscar informações relevantes para a criação de um diagnóstico. Esses dados podem ser obtidos das fichas dos estudantes, estatísticas oficiais, aspectos geográficos e históricos da localidade.

Analisar que identidade a escola quer construir

O segundo passo consiste em identificar qual será o perfil da instituição de ensino e qual o papel que ela pretende adotar na sociedade. Abrir o diálogo entre os educadores é uma maneira de obter contribuições para essa proposta a fim de traçar as estratégias da escola.

Planejar a execução das ações definidas pelo coletivo

A última etapa consiste em identificar quais são as ações específicas a serem realizadas pela equipe para atingir os objetivos da escola. O que cada disciplina pode fazer ao longo do ano? Quais projetos podem ser iniciados?

Também é fundamental compreender como será a avaliação dos estudantes diante de cada proposta. Desse modo, fica mais fácil de identificar como foi o aproveitamento do conteúdo apresentado, e entender se é preciso modificar alguma estratégia para garantir o propósito de transformar pessoas com a educação.

Agora você já conhece um pouco mais sobre as questões burocráticas que envolvem o processo de ensino-aprendizagem e a importância de ter um Projeto Político Pedagógico bem estruturado. Gostou do conteúdo e quer aprender mais sobre essa área? Assine a nossa newsletter e receba informações sobre o universo da educação!

Posts relacionados

Deixe um comentário