Rotina de estudos Rotina de estudos

Rotina de estudos: a importância da pausa durante o trabalho virtual

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

O aprendizado virtual ainda é uma experiência nova para muitas pessoas. Logo, é natural que algumas adaptações sejam necessárias ao longo do tempo para deixar a rotina de estudos cada vez mais eficiente e produtiva.

Aliás, a produtividade é uma das grandes aliadas de qualquer estudante, principalmente para conseguir conciliar as tarefas acadêmicas com todas as outras atividades do dia a dia. Nesse sentido, sabia que um hábito valioso é determinar algumas pausas para favorecer o rendimento?

Para entender melhor como essa ideia pode funcionar e quais são seus benefícios, não deixe de acompanhar a leitura até o final!

Quais são os benefícios das pausas no trabalho online?

Quando pensamos em um estudante de alta performance e com bons resultados, logo imaginamos alguém estudando sem parar, não é verdade?

Dias e noites debruçado em cima de livros, apostilas e outros materiais, sobretudo em épocas de avaliações ou de preparação para uma prova importante. Qualquer interrupção nesse ritmo poderia ser considerada como perda de tempo.

Contudo, ainda que a dedicação seja um fator essencial, os momentos de pausa e descanso também são importantíssimos para ter um rendimento favorável. A seguir, confira os maiores benefícios envolvidos nessa estratégia.

Aumenta a concentração

Nosso cérebro é o principal órgão responsável pelo processo de aprendizagem. O que muitos não sabem é que ele não consegue ficar focado em uma única atividade por um tempo muito longo.

As distrações são inevitáveis e geram uma perda de desempenho, já que funcionamos em um ciclo de descanso/atividade. Sabe quando sentimos que a atenção está sendo desviada ou que ficou difícil acompanhar uma leitura? É natural que isso aconteça.

O difícil é definir qual é a duração desses períodos concentrados de forma exata, pois a verdade é que cada pessoa pode apresentar variações de comportamento — algumas têm maior facilidade para ficarem concentradas do que outras, por exemplo. Mesmo assim, é certo que os intervalos durante o estudo ou trabalho ajudam a distrair a mente para depois favorecer a retomada da concentração.

Melhora a assimilação do que foi estudado

Como consequência do aumento da capacidade de concentração, não há dúvidas de que a assimilação dos conteúdos também é promovida. Uma pessoa focada no seu objeto de estudo é capaz de compreender, absorver e memorizar com maior facilidade tudo o que foi lido ou estudado.

Renova a energia e a disposição

Outra vantagem de determinar pausas na rotina de estudos é aproveitar essa folga para renovar suas energias. Não por acaso, boas noites de sono são fundamentais para a liberação de hormônios relacionados à memória e ao aprendizado. Um repouso bem aproveitado é aquele depois do qual acordamos revigorados e dispostos a cumprir com os afazeres do novo dia.

Porém, não dá para dormir e entrar em sono profundo em todos os intervalos. A ideia de incluir pequenas pausas é justamente para ter um breve descanso e voltar mais animado para as suas tarefas. A partir de 5 minutos, essas paradas já se tornam proveitosas, mas, de vez em quando, é preciso mesmo ter uma trégua um pouco maior.

Como colocar esses momentos de lazer na rotina de estudos?

Como dissemos acima, a tática escolhida deve variar de acordo com as preferências e a própria rotina de cada pessoa. Quem tem uma vida muito corrida e precisa conciliar trabalho e estudo, por exemplo, talvez tenha menos chances de fazer pausas do que alguém que tem o estudo como única obrigação.

Independentemente das oportunidades e escolhas de cada um, dois aspectos muito relevantes nesse processo são organização e disciplina. É preciso se organizar e ser muito comprometido para conseguir dar conta de tudo, além de poder desfrutar dos momentos de lazer — que são importantes para o bem-estar de qualquer pessoa.

Portanto, uma missão a ser feita antes disso tudo é criar um cronograma com as atividades que devem ser cumpridas a cada dia, estabelecendo limites e tendo uma visão clara de todo o tempo disponível. Para aumentar suas chances de sucesso, seja bem fiel à realidade e inclua todos os compromissos (com seus respectivos horários) para identificar espaços para as pausas entre eles.

É válido fazer alguns testes e observar seu rendimento para definir os intervalos. Por exemplo, a técnica Pomodoro é uma proposta bastante utilizada. Ela foi criada por Francesco Cirillo, que no final dos anos 80 era um universitário italiano e queria aumentar sua produtividade nos estudos. A proposta consiste em dividir a rotina em blocos de 25 minutos (considerado como um “pomodoro”) de dedicação intensa para 5 minutos de pausa. Então, a cada 4 pomodoros, a ideia é fazer uma pausa maior (de até 40 minutos).

Seja qual for o seu método, não se esqueça de tomar dois cuidados cruciais: não estender demais os intervalos para seguir o tempo programado e se empenhar para ser realmente produtivo quando não for hora de descansar. Lembre-se de que você terá os seus minutos de folga depois e se esforce o máximo possível.

O que fazer durante o tempo de descanso?

Depois de entender a importância das pausas, vamos finalizar com dicas de como aproveitá-las. Se você não sabe muito bem o que fazer nesses intervalos, veja quais são nossas sugestões:

  • tomar água para se manter hidratado;
  • beber café, chá ou qualquer outro líquido que ajude a despertar;
  • alongar o corpo depois de passar muito tempo em uma posição só;
  • interagir com um animal doméstico;
  • cuidar das plantas;
  • lavar o rosto para afastar a preguiça;
  • fazer um lanche nutritivo;
  • caminhar para ativar a circulação;
  • ouvir música;
  • tomar sol em uma varanda ou janela;
  • checar as redes sociais ou e-mails antes de silenciar novamente o celular;
  • conferir as notícias na internet, TV ou outro meio de comunicação;
  • bater um papo com alguém para distrair.

São inúmeras as possibilidades, e o estudante deve escolher quais são suas preferidas. Como estamos falando de trabalho virtual, o ideal é fugir um pouco das telas dos dispositivos eletrônicos para espairecer. O que mais importa é que o tempo previsto do intervalo seja respeitado para não prejudicar a rotina de estudos e alcançar a produtividade desejada!

Gostou do nosso post? Para continuar acompanhando nossas publicações e receber novas dicas, siga nossos perfis nas redes sociais. Estamos no Facebook e no Instagram e também temos um canal no YouTube.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário